CONTATO: +55 (19) 3846 1161 | +55 (19) 3846 9482

História das Salas Limpas: Do surgimento aos tempos atuais

A história das Salas Limpas começou primeiramente dentro dos hospitais...

<h1>História das Salas Limpas: Do surgimento aos tempos atuais</h1>

História das Salas Limpas: Do surgimento aos tempos atuais

A história das Salas Limpas começou primeiramente dentro dos hospitais. Os trabalhos de Pasteur, Koch, Lister e outros pioneiros cirurgiões foram responsáveis pelo que hoje é uma Sala Limpa.

Ao descobrir que bactérias causariam infecções, Lister reduziu substancialmente este risco operando na sala da Royal Infirmary.

Utilizou como antiséptico uma solução de ácido fênico nos instrumentos, nas mãos dos cirurgiões e também no ar, utilizando um borrifador.

Embora a estrutura seja a mesma durante toda a história das salas limpas, a principal diferença estava na ventilação positiva, que trata da limpeza do ar.

Ao longo dos anos, a utilização do ar exterior mostrou-se muito importante, reduzindo consideravelmente a concentração dos contaminantes.

Foram anos de experimentos e estudos até chegarmos ao método que conhecemos atualmente.

História das Salas Limpas: Principais fatos

1) Em 1946 Bourdillon e Colebrook implementaram a utilização de salas com pressão positivas em relação às adjacentes.

2) Entre 1961 e 1962 foi criado o sistema unidirecional, ou fluxo laminar, que é o conceito de ventilação com filtros em fluxo sob regime laminar. Foram realizados diversos projetos considerando o ser humano como fonte de bactérias e dispersor de partículas de pele e outras fontes, como a respiração.

3) Em 1964 foi utilizado o fluxo de ar como forma de remover contaminantes em hospitais. John Charnley, resolveu inserir a técnica de uma junta artificial tipo bacia, que é extremamente efetiva na operação, embora suas taxas de assepsia nas junções, tenham sido de quase 9%, nos casos estudados. Este método foi um desastre para os pacientes e com o passar do tempo, a junção artificial teve de ser removida.

4) Em 1966 a utilização do fluxo laminar durante as operações, reduziu de 9% para 1,3% as infeções durante as operações.

5) Em 1980 foi criado o Ultraclean com sistema de fluxo laminar e foi realizada, pela primeira vez, a limpeza dos ambientes de produção, para a fabricação de sistemas de precisão. A partir daí criou-se o conceito “Livre de Bactéria”.

6) Após a guerra com o desenvolvimento de armazenamentos nucleares e a utilização de armas químicas e biológicas, produziu-se os filtros High Effciency Particulate Air (HEPA), que foram extremamente necessários para conter micróbios perigosos e contaminantes radioativos.

Criação do conceito de Sala Limpa

O conhecimento sobre a limpeza e higienização é bastante antigo. Os fabricantes de medicamentos desde muito cedo reconheceram a importância da limpeza microbiológica e, dentro desse contexto, foi chamado de “higiene”.

Em tempos modernos, as primeiras abordagens em tecnologia científica de limpeza, realizada pelos médicos Semmelweis e Lister, apresentaram métodos de desinfecção em hospitais e salas de cirurgia que reduziram drasticamente a infecção e a taxa de mortalidade dos pacientes.

Para a ciência, o reconhecimento desse trabalho resultou na conscientização de que existem contaminação crítica invisível e que estes contaminantes devem ser controlados.

No começo da história das Salas Limpas, o método foi aplicado principalmente para assegurar a saúde humana.

Na primeira metade do século XIX, este conhecimento expandiu e foi utilizado na produção de produtos sensíveis à contaminação, em componentes e sistemas.

Detalhe Parede Vitrea SimplesAos poucos, outros itens e métodos foram sendo considerados neste método de controle de impurezas, como os circuitos integrados, os displays de tela plana, as unidades de disco rígido, os módulos fotovoltaicos, os produtos farmacêuticos, os aparelhos médicos, os turbo compressores automotivos e diversos outros.

Desta forma, o aumento diário e o uso de metodologias das Salas Limpas foi altamente diversificado e seus campos de aplicação foram ganhando espaço.

Por definição, a tecnologia de Salas Limpas significa, atualmente, a cadeia de todas as atividades para controlar e reduzir a contaminação prejudicial para o produto, bem como a saúde humana.

Ou seja, uma Sala Limpa é aquela que contém sistema de manutenção da qualidade do ar interior, apresenta níveis de contaminantes e partículas dentro dos limites estabelecidos pelas Normas estabelecidas, de acordo com a atividade exercida por ela.

Conheça aqui mais sobre os produtos para Salas Limpas, além dos serviços que oferecemos, nossos principais diferenciais e clientes atendidos.


Share This:

Newsletter

CONTATO Rua Anésio Marciano, 92 | Jd. Vista Alegre | Vinhedo | SP +55 (19) 3846 1161 | +55 (19) 3846 9482 asmontec@asmontec.com.br